Filmes + Viagens = Mudança de vida ou de visão (pelo menos!)

Você é inquieto para buscar algo a mais na sua vida através de uma viagem?

Viagem como jornada – Inspiração na tela
5 (100%) 1 vote

Quando a vida não está fácil, mesmo que seja por alguns minutos, a vontade que dá é largar tudo e viajar. Quem nunca teve esse pensamento? Se livrar de todos os tormentos, fantasmas, estresses e ficar assim, de pernas para o ar. Claro que, uma viagem sabática, como dizem por aí, não é nada fácil. A realidade é mais dura. Você precisa de um mínimo de planejamento antes de se jogar pelo mundo.

Quem viaja desse modo geralmente já juntou um bom dinheiro, ou vendeu bens e se desapegou de verdade, ou ainda não tem compromissos muito grandes na vida como família ou uma empresa, por exemplo. Claro que tem famílias inteiras que embarcam nessa viagem! Mas eu acho que dessa fase talvez eu já tenha passado…com uma empresa é impossível fazer esse tipo de aventura, pelo menos para mim.

Mas eu acho admirável quem tem a coragem de se descobrir através de uma viagem, procurar o seu caminho, seu destino…Ter meses ou anos para pensar sobre o que quer fazer pelo resto da vida. Algumas pessoas sofrem grandes traumas e vão viajar procurar uma forma de fugir de tudo. Outras tem o sonho de viajar pelo mundo, conhecendo outras culturas, antes de criar raízes em algum lugar.

Esses filmes abaixo tratam da viagem como uma jornada: Seja de auto-conhecimento, de luto, de família, de religiosidade…Tudo vale a pena quando a alma não é pequena. Inspire-se!

1) Na natureza selvagem (Into The Wild)

filme-jornada-na-natureza-selvagem

Dirigido por Sean Penn, o filme “Na natureza selvagem” é a história verídica da viagem de Christopher McCandless pelos EUA. Depois de terminar a faculdade, Christopher doa todo o seu dinheiro para a caridade e parte para uma viagem sem fim que tem como roteiro Dakota do Sul, Arizona, Califórnia e Alasca.

Na faculdade, o estudante foi influenciado por livros Leon Tolstoi, Jack London e Henry David Thoreau, que defendiam o contato com a natureza e uma vida mais simples. Por esse motivo, Christopher resolveu se desprender de tudo e viajar, conhecendo pessoas e dependendo de suas generosidades. Pegava carona, dormia e comida na casa de desconhecidos, não consumiu além do que necessitava. Sua casa era o mundo.

O filme tem uma belíssima trilha sonora, composta por Eddie Vedder, do Pearl Jam. Baseado no livro de Jon Krakauer.

VEJA O TRAILER

2) Comer, Rezar e Amar (Eat Pray Love)

filme-jornada-comer-rezar-amar

Júlia Roberts é sinônimo de filme mulherzinha! E não tem nada de errado nisso. Eu achei o filme tão leve e divertido. Baseado também na história real de Elizabeth Gilbert que escreveu o livro auto biográfico “Eat, Pray, Love: One Woman’s Search for Everything Across Italy, India and Indonesia”. Perdida e confusa, Liz decide se separar do marido, deixar sua carreira e descobrir o que ela queria enfim na vida. Uma inspiração e tanto para mulheres que desejam viajar sozinhas.

Em cada lugar que Liz visita, ela experimenta novas sensações: Itália (Eat), India (Pray) e Indonésia (Love). A parte da Itália é engordativa só de olhar! hehehe Muita pizza e doce italiano! Na Índia, ela fortalece a parte espiritual e talvez seja a parte mais emocionante do filme (http://www.youtube.com/watch?v=xALMfLmgX7M) e em Bali, ela encontra o “brasileiro” Javier Bardem. O que incomoda é essa mania americana de achar que nós falamos espanhóis. Enfim, ignora essa parte.

VEJA O TRAILER

3) Diários de Motocicleta (Motorcycle Diaries)

filme-jornada-diarios-motocicleta

O inspirado filme de Walter Salles, com o mexicano Gael Garcia Bernal e o argentino Rodrigo de La Serna, conta a história da viagem de Ernesto Guevara pela América do Sul. Com uma moto apelidada de “La Poderosa”, os dois amigos viajam em belas paisagens. Porém a moto acaba quebrando depois de 8 meses de estrada. A partir desse problema, eles viajam através de caronas e à pé, conhecendo lugares diferentes.

Durante o trajeto, conhecem lugares que não são privilegiados pela política local, como em Machu Pichu, em que encontram uma colônia em San Pablo com pessoas vítimas de hanseníase e que não tem ajuda de ninguém. Eles então ajudam e convivem com os doentes sem qualquer tipo de discriminação. O longa mostra as desigualdades sociais e econômicas que permeiam a América do Sul e mostra como essa viagem foi decisiva para o surgimento do líder latino Che Guevara.

VEJA O TRAILER

4) The Way – O Caminho de Santiago de Compostela (The Way)

filme-jornada-way-espanha

Uma viagem de luto, que se transforma em uma missão de vida e de fato, muda a vida de um homem. Martin Sheen é Tom, um odontologista que vive para o trabalho e seu único hobby é jogar golfe com os amigos. Um dia, seu filho (Emilio Estevez) de 40 anos decide largar tudo e viajar pelo mundo, buscando um sentido para a própria vida. Porém, ele morre no meio do caminho.

O pai vai buscar o corpo na Espanha e descobre que o filho estava fazendo o famoso Caminho de Compostela. Então, ele decide seguir o caminho até o final, jogando as cinzas do filho em casa parada. É um ótimo filme para quem deseja um dia viajar para lá. As paisagens são belíssimas, dá vontade de ir direto para a Espanha.

O mais legal é você pode ficar na casa de pessoas que tratam o “peregrino” como um convidado especial, dando abrigo e comida. É bem emocionante pois o doutor, que no começo é fechado e arrogante, passa a conviver com pessoas com histórias totalmente diferentes – e não menos doídas do que a dele. No final, ele aprenda e pratica uma grande lição de vida. Prepare o lenço.

VEJA O TRAILER

5) Viagem a Darjeeling (The Darjeeling Limited)

filme-jornada-viagem-darjeeling

Francis (Owen Wilson), Peter (Adrien Brody) e Jack (Jason Schwartzman) são irmãos que estão brigados. Para tentar uma reconciliação, eles decidem viajar para a Índia no trem Darjeeling. Além de tentarem recuperar os laços fraternais, eles também buscam uma busca espiritual durante a viagem. Mas o roteiro inicial muda de rumo e faz com que os três fiquem perdido no meio do deserto.

Os filmes do diretor americano Wes Anderson tem uma fotografia visualmente irretocável, trilha sonora marcante e personagens bem marcados e excêntricos. Para alguns, os filmes podem parecer nonsense e bem longos. Mas viagem para Darjeeling é um de seus filmes mais interessantes.

VEJA O TRAILER

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts que você pode gostar