10 festivais mais coloridos do Mundo

Conheça os festivais mais coloridos do mundo

1) Holi Festival of Colours – Índia

festival holi color

O Holi é um festival celebrado na primavera e é conhecido como “festival das cores” ou “festival do amor”. Em sua origem é um festival religioso hindu mas que se tornou muito popular no sul da Ásia e em outros locais do continente, até mesmo por não hindus. Começou na Índia, no Nepal e se espalhou pela Europa e América.

As celebrações do Holi começam com fogueiras que celebram a memória de Prahlad, devoto fiel do deus Vishnu, onde os devotos se reúnem, dançam e cantam. A manhã seguinte é um “carnaval” para todo mundo, onde os participantes jogam um pó colorido uns nos outros, além de tintas em pistolas de água e balões cheios de água colorida para uma “luta” divertida.

Um jogo que pode ser jogado por homem ou mulher, pobre ou rico, amigo ou estranho, crianças e velhos. É uma celebração democrática e divertida, que significa a vitória do bem contra o mal, a chegada da primavera e o fim do inverno e para muitos um festivo dia para encontros, brincadeiras e risos, perdão e um dia que pode reconstruir relacionamentos.

As pessoas compartilham iguarias, comida e drinks. Alguns drinks são inebriantes. O Bhang, por exemplo, possui um ingrediente feito a partir de folhas de cannabis.

2) Albuquerque International Balloon Fiesta – Novo México

albuquerque-balao-festival

Considerado o maior festival de balonismo do mundo, o Albuquerque International Balloon Fiesta é um paraíso de cor e leveza. O local é perfeito para a prática do balonismo, pois a altitude é de mais de 1500 metros, o que torna o ar menos denso e possui também grandes espaços abertos.

O evento reúne mais de 700 balões de diferentes países. Existe uma categoria só para balões com formatos especiais como abóboras, personagens como Darth Vader, Cactus, Piratas e muitos outros.

3) Dia de Los Muertos – México

dia-de-los-muertos-mexico

O dia dos mortos no Brasil é um dia de pesar e lembrança daqueles que partiram. Já no México, a população honra os mortos com festivais e celebrações que combinam rituais indígenas com o catolicismo (já que o Dia dos Mortos é um feriado católico).

Nesta data, os mexicanos não querem “insultar” os mortos com luto e tristeza, mas sim comemorar a vida do falecido com muita festa, bebida e atividades que o morto gostava durante vivo. É como se a celebração “despertasse” os mortos do seu sono eterno para compartilhar as alegrias com os parentes vivos.

4) Festival Saint Patrick – Irlanda

saint-patrick-festival-irlanda

O dia de Saint Patrick, padroeiro da Irlanda, é uma festa anual celebrada pelos países que falam a língua inglesa. O objetivo da celebração é refletir os talentos e as conquistas do povo irlandês, com pessoas de todas as idades e condições sociais. A festa acontece dia 17 de março.

O trevo e a cor verde são símbolos da festa. Esses símbolos eram usados nas comemorações de Saint Patrick no século XVII. Significam esperança, já que foi a cor do uniforme dos soldados durante a revolta irlandesa e eles tinham a esperança de propagar seus ideais políticos.

É proibido beber na rua na Irlanda, mas no dia de Saint Patrick a bebida é permitida fora dos pubs. A Saint Patrick’s Parade é um dos eventos principais da festa.

5) La Tomatina — Espanha

la-tomatina-espanha-festival

A Tomatina é um festival que acontece na cidade de Buñol em que os participantes jogam tomates uns nos outros e fazem uma “guerra” de tomates por diversão. Acontece na última quarta-feira do mês de Agosto, na Plaza del Pueblo.

Uma curiosidade é que os tomates são cultivados propriamente para a ocasião, ou seja, são itens impróprios para consumo.

Existem algumas regras para evitar que o clima festeiro se torne uma guerra de verdade, segundo o site Cultura Espanhola:

• Não se pode levar garrafas ou qualquer objeto que possa causar acidentes;
• Não se pode rasgar camisetas, a roupa;
• Os tomates devem ser esmagados antes de serem arremessados para evitar que machuquem alguém;
• Deve dar passagem e respeitar o fluxo dos caminhões;
• Ao segundo disparo, nenhum tomate deverá ser arremessado.

6) Festival Sinulog — Filipinas

festival-sinulog-filipinas

O Sinulog é um festival cultural e religioso anual realizado no 3º domingo do mês de Janeiro na cidade de Cebu e é o centro da celebração Santo Niño nas Filipinas. O Santo Niño é o Menino Jesus. As celebrações contam a história da conversão da Ilha Cebu ao cristianismo mais de 500 anos atrás.

O festival é caracterizado por longas paradas (de 9 a 12 horas) com vários grupos de pessoas vestidas com fantasias coloridas desfilando e dançando nas ruas. A dança Sinulog é uma dança ritual em honra de Santo Niño, que imita a corrente de água e é acompanhada com batidas de tambores.

7) Tomorrowland / Tomorrow World — EUA

festival-eua-tomorrow-world

É o maior festival de música eletrônica e é realizado na Bélgica. O festival acontece na cidade de Boom, 16 km ao sul de Antuérpia, a 32 km ao norte de Bruxelas, e sua primeira edição foi em 2005.

Dizem que o festival é o mais louco que existe. Tudo é um show a parte: os cenários, os fogos de artifício sincronizado com os sons tocados, dançarinos fantasiados, bolhas de sabão…A ideia inicial, segundo os idealizadores Manu e Beers, era que o festival fosse igual a Disney com aspectos fantasiosos e surreais, criando um evento “mágico”.

O festival possui camping, estrutura de alimentação/bebidas (se você quiser levar a sua, lembre-se apenas que não são permitidas garrafas de vidro) e até uma capela do amor. Os melhores Djs do mundo tocam na festa, como David Guetta, Avicci, Swedish House Mafia, Skrillex, Tiësto, Armin van Buuren, Afrojack, Steve Aoki, Porter Robinson, Dimitri Vegas & Like Mike, Axwell, Sebastian Ingrosso, Nicky Romero, entre outros.

Já o Tomorrow World é um spin-off do Tomorrowland, já que não acontece na Bélgica.

Se você gosta de música eletrônica, é imperdível.

8) O Festival das luzes — Alemanha

festival-luzes-berlim-alemanha

O Festival das Luzes em Berlin, na Alemanha, é um dos festivais mais impressionantes do mundo. São 10 dias de evento e artistas são convidados a ter prédios como tela para suas ilustrações. Mas claro, tudo isso com projeções virtuais.

O edifício na Universidade Humboldt, o Hotel de Rome, o prédio da Microsoft, todos eles se transformam em um magnífico quadro. O festival acontece em outubro.

9) Sapporo Yuki Matsuri – Festival de Neve em Hokkaido – Japão

festival-gelo-japao

O festival de neve é um dos maiores eventos de inverno no Japão. A competição de esculturas atrai turistas para a cidade de Sapporo, que é a 5ª maior cidade do Japão. O festival é realizado em fevereiro e já está na sua 66° edição. É realizado no Odori Park, Dome Tsudome e na rua principal em Susukino.

10) Festival de Lanternas de Seul – Coreia do Sul

festival-lanternas-seoul

Cerca de 15 mil lanternas iluminam Seul no Festival. Cada ano a festa possui um tema diferente. O evento tem como objetivo aumentar a divulgação da cidade de Seul pelo mundo e atrair mais turistas estrangeiros. Cada lanterna possui uma história e tema e são feitas por artistas do país ou convidados internacionais.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 festivais mais coloridos do Mundo
Avalie esse Post

Posts que você pode gostar