Turismo em Cuba – 6 dicas para você seguir

Dicas de turismo em Cuba – Havana

havana-cuba

Cuba é uma explosão de cores e contrastes. Dos prédios antigos e ruínas às construções reformadas e locais turísticos, a ilha recebe turistas do mundo todo em busca de cultura, história e muito ritmo. É um cidade vibrante para descobrir e explorar.

Estilo musical

A música cubana tem origem no Caribe, na Europa e no oeste da África. Dessa mistura surgiu uma música enérgica e vibrante como o Bolero, Cha-cha-cha, Conga, Danzón, Mambo, Rumba e outros estilos musicais que são muito ouvidos pela cidade.

Moeda

O país possui duas moedas: o Peso Cubano e o Peso Cubano Conversível (CUCs). O CUC é a moeda mais utilizada para turismo. Já o peso cubano é mais utilizados pelos moradores da ilha. Se quiser levar moeda estrangeira, leve euros ou dólar canadense. A troca de dólares é sujeita a uma taxação de 10%. Uma dica é fazer o câmbio no hotel, pois tem as mesmas taxas do que no aeroporto e outros lugares.

Clima

O clima é tropical e úmido. A estação mais seca vai de novembro a abril (18 a 26 graus) e a quente e chuvosa vai de maio a outubro (22 a 31 graus).

A melhor época para visitar a ilha é durante a estação seca do clima de Cuba, entre novembro e abril. Nos meses de agosto e outubro há possibilidade de furacão na ilha.

Transporte

1) HAVANA BUS TOUR
Ônibus de turismo da cidade. Lá você pode visitar os principais locais de turismo. Possuem 3 tipos de rota.

* Rota T1
Alameda de Paula – Plaza de la Revolución José Martí – Distância: 37 km
Paradas: Castillo de la Real Force, Hotel Sevilla, Parque Central, Hotel Presidente, Plaza de la Revolución, Napoleonic Museum, University of Havana, Hotel Havana Libre, Casa de las Americas and the Ministry of Foreign Affairs, Prado y San Lázaro, Capitol and National Ministry of Science, Technology and Environment, Restaurant Floridita, Cabana Bar, Building of the Marina e Alameda de Paula.

* Rota T2
Marina Hemingway – Plaza de la Revolución José Martí – (secondary road) – Distância: 64 km
Paradas: Restaurant Ferminia, Mall Náutico, Cecilia Restaurant, Miramar Trade Center, National Aquarium, 1st and 28 Model of Havana, 1st and 18 Don Crab Restaurant, Cira García International Clinic, Calle 23 and Ave 47 west of the bridge over the River Almendares, Columbus Cemetery e Plaza of the Revolution.

* Rota T3
Parque Central – Playa de Santa María del Mar – (secondary road) – Distância: 104 km
Paradas: Out of the Tunnel towards Playas del Este, Naval Hospital, Villa Panamericana, Alamar, Hotel Villa Bacuranao, Taramar opposite the Tarará Marina, Hotel Villa Mégano, Hotel Tropicoco e Hotel Blau Arenal.

2) TÁXI
Os táxis são amarelos e pretos. Quase nunca é utilizado o taxímetro, por isso, pergunte o valor antes e negocie.

3) ÔNIBUS
Baratos, mas lotados. Para visitar Havana não vale a pena. Para outras cidades de Cuba há ônibus mais confortáveis e mais novos.

4) COCOTÁXIS e BICITÁXIS
Veículos movidos à bicicleta. Bom para pequenos trajetos. São veículos oficiais do governo. A corrida custa de R$ 2 a R$ 6.

6 dicas para você turistar em Cuba

carro-antigos-cuba

1) Dirija um carro dos anos 50
Cuba é um museu aberto de carros antigos. É uma das marcas da ilha. Os veículos dão todo um charme para o centro de Havana e você pode andar em um deles. Você pode alugar um carro vintage para você dirigir ou um com motorista.

Uma das empresas que aluga é a Gran Car. As opções são Chevrolet, Ford, Dodge, Oldsmobile, Mercury, Studebaker, Plymouth, Pontiac e Buick. Ainda pode fazer turismo com um carro antigo + um motorista no Old Cars Tour.

habana-vieja-cuba

2) Visite Habana Vieja
Explore as maravilhas culturais e história da antiga Cuba. Habana Vieja é o local mais antigo da ilha. O lugar é uma mistura da arquitetura de seus habitantes pela história: espanhola, britânica, francesa e americana. Em 1982, Habana Vieja foi declarada patrimônio histórico da humanidade pela Unesco.

Hoje, Habana Vieja é uma área turística devido às restaurações das igrejas, fortalezas e dos edifícios históricos. Possui ainda restaurantes para todos os gostos e bolsos. Visite as Plazas de Armas, Plaza San Francisco, Plaza La Vieja, Plaza la del Cristo e Plaza de la Catedral. Sua mais famosa fortaleza é a San Carlos de la Cabaña.

Fugindo um pouco do assunto é meio triste ver uma cidade com vários prédios destruídos, parece que parou no tempo. Vendo algumas fotos de Cuba é essa a impressão. A cidade “restaurada” é mais para turistas do que para os próprios moradores.

museu-de-arte-cuba

3) Entre no Museo Nacional de Bellas Artes
Exibe arte cubana desde os tempos coloniais até os tempos contemporâneos. Existem 2 construções: Palácio de Belas Artes que é dedicado à arte cubana e o Palácio do Centro Asturiano dedicado às artes universais.

capitolio-havana

4) Veja a beleza do Capitolio
Construção inspirada no capitólio americano, que fica em Washington. Uma das construções mais imponentes de Havana. Representa a influência americana antes de revolução cubana. Atualmente (2015) está em reforma e você só poderá contemplá-lo do lado de fora. É a sede da Academia Cubana de Ciências.

museu-da-revolucao-cubana

5) Visite o Museo de la Revolución
Visitar um país é também conhecer a sua história. O museu da revolução conta, com uma cronologia bem estruturada, a história da revolução cubana. Alguns itens são bastante reais, como balas na parede e roupas com sangue. Há também jipes e aviões usados pelos revolucionários no pátio do museu.

bodeguita-cuba

6) La Bodeguita del Medio e El Floridita
“Mi mojito en La Bodeguita, mi daiquirí en El Floridita”, disse Ernest Hemingway. O escritor se tornou a principal atração desses dois restaurantes em Havana.

La Bodeguita del Medio possui as paredes repletas de mensagens de visitantes ilustres ou comuns. Dizem que lá possui um dos melhores mojitos de Cuba. Pode ser clichê, mas é uma experiência visitar o lugar. Visite o segundo andar, um charme a parte. Há sempre música cubana tocando no bar.

Já La Floridita possui uma decoração vintage e acolhedora, para dar aquele descanso depois de horas de caminhada. Também possui uma boa música cubana, igual ao La Bodeguita del Medio. Bons petiscos e vale a pena provar o Daikiri, vários turistas já aprovaram.

1 Comentário

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts que você pode gostar