10 pontos turísticos de Curitiba essenciais para você visitar

Pontos turísticos de Curitiba imperdíveis

pontos turísticos de Curitiba

Existem pontos turísticos de Curitiba que são essenciais para a sua visita, não podem ficar fora do seu roteiro de viagem. Claro que é bom fugir um pouco do roteiro usual e tentar ir em lugares diferentes, mais visitados pelos moradores da cidades mas os turísticos tem um charme à parte e se você não passar por lá pode ficar arrependido.

A cidade respira a cultura alemã, que influenciou bastante a cultura e a economia local. Os parques são a atração principal da cidade: são BEM CUIDADOS, JARDINS com a flora bem diversa e cores fantásticas, arquitetura que CONTA A HISTÓRIA do lugar. É um lugar que te faz ficar conectado com a natureza, sabe?

Por isso, vale a pena levar repelente, pois existem muitos mosquitos nesses lugares. Principalmente no Jardim Japonês (que foi o lugar que eu fui mais atacada kkk).

O melhor de tudo: Quase todas as atrações são de graça. Super econômicas! Ótima opção para quem quer fazer uma viagem para o Sul de baixo custo!

10 pontos turísticos de Curitiba essenciais para você visitar

 

1) Parque Barigui – Para quem ama esportes

Parque Barigui Curitiba

Eu posso gritar com todas as letras que foi o parque mais legal de Curitiba! Legal no sentido que é imenso, bem cuidado, tem estrutura, bike para alugar, lagos e as adoráveis capivaras que se tornaram símbolo da cidade.

É aquele lugar que dá vontade de correr, pedalar, caminhar. Até parar para fazer um picnic debaixo das inúmeras árvores que existem lá. Eu simplesmente amei! Lá tem um restaurante chamado Maggiore com vista para um lago e deve ser bem agradável para almoçar.

Para alugar bike no parque Barigui – Você preenche uma ficha de cadastro e deixa seu cartão de crédito como garantia para algum problema. Os critérios para alugar a bicicleta são: Ser maior de idade (✔️️), ter cartão de crédito ou débito no seu nome (✔️️), ter um documento com foto (✔️️) e disposição para sorrir (✔️️). O preço é R$ 15 (30 minutos) e R$ 0,50 cada minuto extra.

[Depois do passeio no parque você atravessa a rua e pode ir no Museu do Automóvel]

Endereço:
Av. Cândido Hartmann – Mercês

Funcionamento:
O parque não é fechado.

2) Torre panorâmica de Curitiba – Para quem gosta de ver tudo do alto

Vale a pena Torre panorâmica de Curitiba

Quer ver Curitiba em 360 graus? Tenha uma visão geral da cidade através da Torre panorâmica de Curitiba, que possui cerca de 109 metros de altura. Lá dentro tem totens com informações de cada ponto. O valor para subir é R$ 5,00. No térreo há um museu sobre telefonia de graça.

Funcionamento:
Terça a Domingo das 10h às 19h.

Endereço:
Rua Prof. Lycio Grein de Castro Vellozo, 191 – Mercês

3) Jardim Botânico de Curitiba – Para quem gosta dos clássicos

Roteiro Jardim Botânico Curitiba

Um dos Pontos turísticos de Curitiba mais imperdíveis do seu roteiro. É o cartão postal da cidade. Os jardins do parque parecem saídos de Paris – lembram os jardins do Palácio de Versalhes. É muito bonito. O centro das atenções do parque é a estufa de vidro que abriga espécies botânicas da Floresta Atlântica, além de uma fonte d’água.

É um local que os curitibanos vão para fazer esportes (estava tendo yoga no dia) e picnic. É ótimo para passear também com crianças. É gostoso demais esse contato com a natureza que Curitiba proporciona.

Funcionamento:
Das 06h00 às 20h00 > durante o horário de verão.
Das 06h00 às 19h30 > durante o horário de inverno.

Endereço:
R. Engo. Ostoja Roguski – Jardim Botânico

4) MON – Para quem se alimenta de arte

Visitar o Museu Oscar Niemeyer Curitiba

O Museu Oscar Niemeyer tem uma arquitetura impressionante, como todos os museus do arquiteto. Aqui mesmo em Niterói tem o MAC – Museu de Arte Contemporânea que lembra uma nave espacial.

Já em Curitiba, o museu tem o formato de olho. Possui um espaço bem amplo de galerias para exposição, uma loja de souvenires lindos (e caros), um café e um pátio de esculturas ao ar livre.

FUNCIONAMENTO
Terça a domingo
10h às 18h
R$ 12,00 / R$ 6,00 (meia-entrada)

Bônus track: Se bater a fome, na frente tem um foodtruck chamado Curitiba Sunset Café. Possui poucas opções mas tem um hambúrguer bom de costela. E como estava quente, demos uma descansada antes da próxima parada.

5) Parque Tanguá – Para quem adora mirantes

Como chegar no Parque Tanguá Curitiba

O parque fica localizado onde existiam 2 pedreiras, existe uma passarela que liga as dua, às margens do rio Barigu. Comece a visita pelo Jardim Poty Lazzarotto. Possui um mirante, trilhas para que adora contato com a natureza, quedas d’agua e um lago.

Não deixe de visitar a parte de baixo do parque.

Funcionamento:
Diariamente de 8h às 18h

Endereço:
Rua Oswaldo Maciel, s/n – Pilarzinho

6) Parque UNILIVRE – Para quem admira a natureza

Ponto turístico Unilivre Curitiba

É bem pequeno mas me surpreendeu pela beleza. Possui um paredão de pedra enorme com um lago. É sede da Universidade Livre do Meio Ambiente que possui uma arquitetura em harmonia com o ambiente, construída no Bosque Zaninelli.

A imersão na natureza é total através das passarelas no meio da mata e da construção em espiral feita de troncos de eucaliptos – no final da sua caminhada existe um mirante.

Funcionamento:
Todos os dias: 08h as 18h

Endereço:
Rua Victor Benato, 210 – Pilarzinho

Site:
http://www.unilivre.org.br/site/

7) Bosque do Alemão – Para quem é dos contos de fadas

Visite Bosque alemão Curitiba

O Bosque do alemão é outro parque de Curitiba mas que possui uma trilha não convencional: ela conta a história de João e Maria, famoso conto dos Irmãos Grimm, através de painéis de azulejo com desenhos. O local tem arquitetura alemã e possui a casa da bruxa, que é uma biblioteca. Para crianças a diversão é total.

Funcionamento:
Todos os dias: 8h às 20h

Endereço:
Rua Francisco Schaffer, s/n
Vista Alegre

8) Mercadoteca – Para os indecisos da gastronomia

Onde comer Curitiba Mercadoteca

O mercadoteca é um mercado bem gourmet com vários restaurantes e guloseimas mais sofisticadas para comer. É um lugar bem agradável para almoçar ou jantar. É uma graça, vale a pena conhecer. Tem diversas opções: japonês, árabe, comida portuguesa, churrasco, mexicano. Ótimo para tomar alguns drinks no ambiente moderninho do local.

Funcionamento
TER – SAB: 10:00 – 22:00
DOM: 11:00 – 20:00

Endereço
R. Paulo Gorskim, 1309
Mossunguê

Site
http://www.mercadoteca.com.br/

9) Centro histórico de Curitiba – Para quem gosta de feiras

História de Curitiba

É interessante ver o Centro Histórico de Curitiba tanto no domingo quando tem a Feira do Largo da Ordem quanto em um dia mais tranquilo para ver a arquitetura, o monumento do Cavalo Babão…

A Mesquita de Curitiba, por exemplo, só abre para visita aos domingos. O ideal é chegar na feira bem cedo, ela é enorme e fica uma romaria para andar quando fica cheia – chegamos lá por volta de meio dia, eu não recomendo.

As barraquinhas possuem artesanato local e comidinhas.

10) Praça do Japão – Para quem ama o Japão (como eu)

Japão em Curitiba

É um passeio bem rápido. Um local tranquilo para relaxar. Só passe repelente porque tem muito mosquito. Existe um memorial japonês, um monumento de buda sentado em uma flor de lótus, lagos artificiais e uma casa com arquitetura típica japonesa que possui uma pequena lojinha com souvenires.

Endereço:
Av. Sete de Setembro, s/n – Água Verde

Não se esqueça de colocar no seu roteiro esses pontos turísticos de Curitiba! Mesmo alguns sendo clichê, você pode se arrepender se der pelo menos uma passadinha neles! Cada um tem um cantinho especial, uma forma de ver Curitiba de uma maneira mais viva, alguns mais turísticos do que outros, mas essenciais para você curtir de verdade a cidade.

1 Comentário

  1. Rafa

    A Ópera de Arame é incrível, mas eu também gostei muito do parque Tanguá, lindas paisagens!!!

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Summary
Pontos turísticos de Curitiba
Article Name
Pontos turísticos de Curitiba
Description
Existem pontos turísticos de Curitiba que são essenciais para a sua visita, não podem ficar fora do seu roteiro de viagem. Claro que é bom fugir um pouco do roteiro usual e tentar ir em lugares diferentes, mais visitados pelos moradores da cidades mas os turísticos tem um charme à parte.
Author
Publisher Name
Fora de Casa
Publisher Logo

Posts que você pode gostar