Passeio de bicicleta na vinícola Santa Rita - Santiago do Chile

Ler ouvindo:

Um dos meus esportes preferidos é o ciclismo. Pedalar é muito bom! Já estou indo para o trabalho de bicicleta, quase todos os dias (e isso é avanço enorme para uma pessoa sedentária como eu).

A meta da gente aqui do Fora de Casa é sempre pedalar em todos os lugares que nós viajarmos. Conhecer a cidade pedalando, mas acontece que no Chile não conseguimos tempo para isso. Então, fomos passear de bicicleta na vinícola Santa Rita.

O passeio é pela agência de turismo Turistik. Como nós éramos 5 pessoas, o rapaz da agência deu um bom desconto. Mas sempre vale a pena pechinchar! O máximo que você leva é um Não. Eu sou meio avessa a qualquer passeio de agência de turismo, mas os da Turistik foram uma surpresa. O passeio no site é R$ 169,00 – Fizemos dois passeios – Andes Panorâmico e o de Bicicleta na Santa Rita por R$ 200,00 / os dois para cada um.

Nós compramos o passeio no pátio Bellavista. Bem em frente tem q casa de câmbio com o melhor preço que encontramos. Se faltar dinheiro é uma mão na roda.

Antes de viajar, li algumas experiências sobre a Turistik. Alguns gostando, outros nem tanto. Um item que chamou atenção é a pontualidade da agência – às vezes até passando antes no hotel. Então, vá pelo menos 20 minutos antes para o ponto de encontro. O nosso ônibus, por exemplo, ficou só 7 minutos esperando os atrasados…então…é melhor não correr o risco de perder o passeio.

Os dois passeios foram o ponto alto da viagem. Mas vou contar primeiro sobre o passeio de bicicleta.

O COMEÇO

Você pega no ponto de partida – que pode ser o seu hotel – o ônibus da agência. Ele vai até o shopping Parque Arauco e de lá, todos os passeios saem. Para a vinícola Santa Rita, você tem um bom pedaço de chão ainda pela frente. Ela fica no Maipo Alto, aproximadamente 50 km de Santiago. Só quando você chega na vinícola, que você pega a bicicleta.

Existem tanto tour de bicicleta, quanto tour tradicional. Só o nosso grupo de amigos se aventurou a fazer um esforço pedalando antes de tomar “uns bons vinhos” rs. Mas quando chegamos lá, um casal de amigos de Nova York se animaram e foram com a gente também. Você pedala junto com um guia.

vinicola-santa-rita

vinicola-santiago-chile

vales-chile-santiago

Depois, é estrada de terra toda a vida, são 10 km de percurso. Com uma paisagem de tirar o fôlego de tão linda: Valle do Maipo com a Cordilheira dos Andes ao fundo. Durante o passeio, há paradas para explicações, comer uva do pé, observar as paisagens.

Mas o passeio é bem corrido, o guia quase não para…você que tem parar aleatoriamente para tirar fotos. Depois, corre para alcançá-lo novamente. Para quem deseja fazer o tour de bike, acho que deve ter disposição. Mas vale a pena. É uma experiência que fica na memória para sempre. Imagina casar em um local desse? Deve ser mágico!

andes-chile-santiago

carvalho-chile-santiago

vinicola-santa-chile-santiago

E a vindima então? Queria ver as pessoas pisando nas uvas hahaha mas infelizmente só acontece no final de março e começo de abril. A Vindima é a colheita da uva. Engloba o período entre a colheita das uvas e o inicio da produção do vinho.

TOUR PELO LOCAL DE PRODUÇÃO DOS VINHOS

Durante o passeio você entra no local de produção dos vinhos, onde ele explica porque existem vinhos mais “baratos” e “caros”. Depende do período de descanso e do carvalho que o vinho é colocado. Bem legal mesmo, as explicações eram bem dinâmicas, curtas e nada chatas.

Existem os vinhos de caixinha/barato, o reservado e o reservado especial.

1ª DEGUSTAÇÃO – NO MEIO DA VINÍCOLA

No meio do passeio, você para em um local, sobe uma escada rústica feita de madeira e vai para tipo um cercadinho todo de madeira, ao ar livre. Lá você pode descansar, admirar a beleza dos Andes e tomar um vinho – o nosso era um branco com uva orgânica. Bem gostoso. Mais explicações e depois deixamos o local.

vinho-organico-chile-santiago

diferenca-uvas

vinho-branco-santiago-chile

2ª DEGUSTAÇÃO – PROVAR AS UVAS – DIFERENÇA ENTRE A UVA PARA COMER E PARA FAZER VINHO

Nostalgia total. Quem teve uma infância em que viajava para lugares no interior, vai gostar dessa parte. Provar a fruta direto do pé. A uva para comer é maior e a uva para produzir o vinho é menor. O guia ainda deixava a gente levar algumas uvas para comer no caminho ou levar para o hotel. A uva era uma delícia! Doce, doce…

uva-do-pe-chile

parreira-de-uva-chile

parreira-de-uva-chile-santiago

3ª DEGUSTAÇÃO – 3 VINHOS – Branco, Tinto Reserva e Tinto Reserva Especial

Na volta, você senta em ambiente confortável com várias taças a sua frente com três vinhos. Um sommerlier da casa vem apresentá-los e mostrar como você pode reconhecer o vinho através do aroma, cor e cheiro. Quem for esperto, leva um biscoito para acompanhar, porque pode ficar tonto. Eles não dão nada além do vinho.

santa-rita-vale-maipu

degustacao-vinho-santa-rita

degustacao-vinho-santa-rita-chile

FINAL

Depois você vai na lojinha, que é o final do passeio. O preço não é exorbitante como dizem. Compramos 3 vinhos, caixa de madeira, abridor de garrafa e algumas outras coisinhas pequenas por aproximadamente R$ 60,00.

loja-chile-santiago

Depois, o ônibus pode te deixar em várias paradas. Você pode aproveitar para conhecer o Shopping Parque Arauco (para as meninas, tem Forever 21 com preços amigos) ou almoçar no Pátio Bellavista.

13 Comentários

  1. Priscilla Figueiredo

    Olá! Gostaria de saber em qual época do ano vocês fizeram esse passeio! As fotos de vocês estão lindas! Vi outros blogs nos quais a paisagem não parece tão encantadora!

    Responder
    • foradecasa

      Chegamos 28 de fev e voltamos 06 de março! 🙂 Obrigada pelo elogio!

      Responder
      • Tatiana

        Realmente, fui em outubro e fiz esse passeio. O roteiro foi diferente e a primeira parada de vocês foi a última do nosso.
        Lindas fotos. Espero ir ano que vem e conseguir ver as uvas no pé. 😊

        Responder
        • Tatiana

          Ah, nas minhas fotos a paisagem estava mais seca hehehe

          Responder
  2. José Luiz C. Rocha

    Estou adorando ler esse site de vocês, pois vou viajar para Santiago em Maio/2015 e essa dica da bike, espero que ainda tenha esse passeio, pois adoro pedalar… E gostei muito das suas fotos… Parabéns…

    Responder
    • foradecasa

      Obrigado José! 🙂 Tenha uma ótima viagem!

      Responder
  3. Francisco Maerle

    Será que em janeiro tem uva? (=

    Responder
    • foradecasa

      Acredito que sim. Mas mande um email para as vinículas que você vai e pergunte antes! acredito que seja a melhor forma de saber! 🙂

      Responder
  4. Gilberto Gouvêa

    Estamos com a viagem marcada para o periodo de 9 a 15 de junho do corrente.
    Será que os passeios terão as mesmas características, ou seja, desgustações iguais a estas que voces descrevem?

    Responder
    • foradecasa

      Nossos passeios foram feitos pela Turistik – Você pode entrar em contato com eles para perguntar, mas acredito que sim. http://www.turistik.cl/

      Responder
      • Gilberto Gouvêa

        Gratos! Faremos contato com a agencia.

        Uma outra pergunta, se possível, vcs teriam dicas a respeito de transporte seguro do aeroporto para o hotel? Tipo como identificar os taxis seguros, vans e etc…
        como fizemos tudo direto, compramos as passagens e a reserva do hotel também, não contratamos serviços de translados, pois achamos muito caros!

        Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts que você pode gostar