Nova Zelândia - Visitando a terra dos Hobbits

Visitando a Terra Média…ops a Nova Zelândia

Sabe qual vai ser a maior dificuldade na sua viagem à Nova Zelândia? Decidir qual atividade vai querer fazer primeiro! É difícil achar, em qualquer parte do mundo, um país com tantas opções de esportes e aventura como as terras neozelandesas.

E o mais interessante é que, mesmo que você não esteja disposto a se jogar de cabeça (literalmente) nos esportes radicais, a paisagem por si só já compensa, e muito, cada passeio.

nova-zelandia-2

Você pode visitar a casa dos Hobbits em Hobbiton

 

Os fãs do filme “Senhor dos Anéis” podem ver de pertinho cada paisagem exuberante que aparece no filme. Não é fantástico? A Nova Zelândia é um país em que dá para ir de uma estação de esqui a uma praia paradisíaca em menos de uma hora, acredite!

Apesar do seu tamanho compacto, é dividida em duas ilhas principais com imensas montanhas verdes, lagos, vulcões e florestas de pinheiros que ajudam a completar a lista de maravilhosas paisagens naturais.

Ilha Norte

nova-zelandia-3

É mais larga, porém mais curta que a Ilha Sul e concentra certa de três quartos da população total. Possui um clima mais agradável, com verões quentes, perfeito para aproveitar as praias! Mas o que mais chama atenção e formam cenários que parecem de outro planeta, são os diversos vulcões ativos, os lagos multicoloridos e outras formações geológicas inusitadas.

Auckland
A maior cidade do país é muito tranquila, multicultura e tem muitas atividades interessantes para os turistas. Mas no geral, não apresenta ao mundo a verdadeira Nova Zelândia, com suas tradições e grandes belezas naturais.

Bay of Plenty
O conjunto de pequenas cidades dessa região retrata bem como é a vida na Nova Zelândia fora dos grandes centros urbanos. Destaque para a cidade de Tauranga.

Rotorua
É um dos grandes polos turísticos da Ilha Norte, com atividades e paisagens para todos os gostos e idades. O lago da cidade é extremamente bonito e cultura Maori é bem presente, tornando-se grande atrativo local.

Wellington
Capital e segunda maior cidade tem um ar mais aconchegante do que Auckland. Como toda cidade grande, tem muito agito, bares, restaurantes, lojas comerciais etc.

Estreito de Cook

nova-zelandia-5

Separa as Ilhas Norte e Sul e os seus 90 km podem ser atravessados por Ferry Boat que transportam tanto passageiros quanto veículos. Do lado norte está o porto de Wellington e do lado sul estão a cidade de Marlborough Sounds e a baía Cloudy Bay.
O Estreito recebeu esse nome em homenagem ao James Cook, primeiro europeu a navegar por ele.

Ilha Sul

nova-zelandia-4

Esta parte da Nova Zelândia é mais comprida e estreita, possui invernos bem mais frios e verões mais amenos. A costa é povoada por baleias, focas e alguns dos fiordes mais belos do planeta. É onde está localizada a rota dos excelentes vinhos da Nova Zelândia.

Queenstown
A mais turística de todas as cidades possui uma beleza impressionante, com um enorme lago e montanhas ao redor. Não importa quais dias vai ficar por lá, atividades é o que não falta – desde os mais tradicionais passeios aos mais radicais esportes.

Chistchurch
A maior cidade da Ilha do Sul é bem simpática e gostosa. Não tem muitos prédios altos e possui um fabuloso Jardim Botânico. Em 2010 e 2011 sofreu vários terremotos que destruíram parcialmente a cidade e Catedral de Christchurch.

Te Anau (Milford Sounds)
Se tiver a sorte de pegar um dia bonito (chove muito na região), é um dos lugares mais lindos, com fiords e cachoeiras caindo no mar.

Mt. Cook
A pequena cidade na base da maior montanha do país não oferece muitos atrativos turísticos, mas a paisagem é espetacular.

Viajando pela Nova Zelândia

Uma das melhores formas de conhecer a Nova Zelândia é fazer uma viagem de carro. As estradas têm ótimas condições e são bem conservadas, apesar de muitas não terem acostamento e outras serem bem sinuosas. De qualquer forma são muito bem sinalizadas!

É importante lembrar que lá o transito flui na mão inglesa, ou seja os veículos trafegam pelo lado esquerdo da pista. Mas a maioria dos carros são automáticos e se motorista tiver um pouco de habilidade vai conseguir se virar bem!

A vantagem em optar conhecer as ilhas de carro é que as cidades são relativamente próximas umas das outras e não precisa de muitas horas de deslocamentos para estar em uma nova localidade. E, nada de tédio pelo caminho: a constante variação de paisagem é uma características fascinante pelas estradas da Nova Zelândia.

nova-zelandia-45

Aproveite para provar os vinhos da Nova Zelândia

 

Se você estiver na ilha Sul, vale a pena fazer passeios por uma das regiões produtoras de vinho do país. A mais famosa é o Vale de Marlborough, onde é possível visitar a vinícola, conhecer as plantações, comprar produtos alimentícios e até se hospedar na fazenda.

Lá do outro lado do mundo, bem longe de tudo. Famosa pelo kiwi, pássaro nativo, pelo bungee jump de Queenstown, pelo grito de guerra seleção de rúgbi All Blacks, pelo sotaque único do inglês, pelas locações dos filmes ‘O Senhor dos Anéis’, pela incrível cultura maori e, claro, pelas ovelhas – que no seu total, somam mais que toda a população do país.

Assim é a Nova Zelândia. Um destino que vale cada segundo da longa, longuíssima viagem de avião!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts que você pode gostar