InstaMeet - MAM Rio de Janeiro

MAM Rio de Janeiro

Visitamos o MAM Rio de Janeiro no sábado, durante o InstaMeet que o Instagram + MoMa estão promovendo mundo afora. Nós, que adoramos um passeio e fotografia não perdemos de jeito nenhum!

Uma professora de arquitetura carioca explicou sobre a arquitetura do museu e sobre a sua história antes dos cliques. Os hosts do encontro foram os fotógrafos cariocas @zefelipe@paulodelvalle@gustavoromeiro.  Interessante saber que o MAM Rio de Janeiro compõe-se de 3 prédios: Bloco de Exposições, Escola e Teatro.

mam-rio-de-janeiro3

Brindes do Instagram

 

mam-rio-de-janeiro-museu5

Fotógrafos no MAM Rio

 

mam-rio-de-janeiro-museu6

A geometria da arquitetura

 

mam-rio-de-janeiro-museu7

Mais formas geométricas do MAM Rio

 

Projetado por Affonso Eduardo Reidy e com paisagismo de Burle Marx, o museu foi concebido na mesma época do Aterro do Flamengo.

Passear em suas colunas em formato de “V” é ficar maravilhado pelas suas imponentes formas, o que dá muito pano para fotografias criativas.

As fotografias dos participantes foram feitas com celular, câmera de passeio, máquinas semi-profissionais ou profissionais. Não importava a ferramenta, mas sim o olhar do artista, para retirar o melhor da paisagem e da arquitetura do local. Com a hashtag #ArquiMoMa, todas as fotos podem ser garimpadas pelo Instagram.

Não só o Rio participou do projeto no Brasil, mas São Paulo e Salvador. Outros países foram: Argentina, Chile, Colômbia, Cuba, República Dominicana, Guatemala, México e Venezuela.

mam-rio-de-janeiro-museu2

Natureza e concreto em perfeita harmonia

 

mam-rio-de-janeiro-museu3

Na frente do MAM Rio de Janeiro

 

mam-rio-de-janeiro-museu4

Museu amigável para bikes e natureza

 

ENDEREÇO + TELEFONE
Av. Infante Dom Henrique 85 / Parque do Flamengo
+55 (21) 3883 5600

VALOR DA ENTRADA
Grátis para crianças até 12 anos e às Quartas a partir das 15h (até 2.000 senhas)
Inteira normal: R$ 14,00 // meia: R$ 7,00

SITE
http://www.mamrio.com.br/

HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO
ter – sex // 12h – 18h (a bilheteria fecha 17h30)
sab – dom e feriados // 12h – 19h (a bilheteria fecha 18h30)

ENJOY THE VIEW!

mam-rio-de-janeiro2

Valle Nevado – Chile

Relato por Mari Duarte do blog Seja Um Viajante

Sempre defendi a ideia de que uma viagem era bem mais do que conhecer um novo lugar, visitar um ponto turístico ou simplesmente sair de férias. Viajar é uma experiência e ela deve ser vivida, intensamente em todos os sentidos!

Minha última viagem para fora do Brasil, foi em Dezembro de 2015, para o Chile. Me hospedei na capital Santiago, dali sai para conhecer outros destinos por perto e uma das escolhas foi a ida até o Valle Nevado.

Falando do ponto de vista turístico, o Valle Nevado é um centro de esqui chileno situado na Cordilheira dos Andes, a 46km da cidade de Santiago e atualmente é o maior centro de práticas de esportes relacionados à neve no hemisfério sul. Pessoalmente, não fui até lá para esquiar, nem fui na temporada de neve inclusive. Meu interesse ali era além de conhecer a região era viver toda a adrenalina da subida (que não é um trajeto fácil) e a que a montanha teria para me oferecer.

Viagem para o Valle Nevado

Dezembro não é época de neve no Chile, se você pretende ir com o foco no esqui a temporada é de Junho a Outubro. Sai do meu hotel com a convicção de que frio era algo que eu não enfrentaria por causa da época, mas durante o trajeto as pessoas que ficam na organização da montanha avisam os guias caso a temperatura mude. Esse aviso é feito para que nós turistas, possamos alugar as roupas necessárias para enfrentar os possíveis graus negativos. Pois bem
no meio do nosso caminho de subida, veio o aviso de que o clima no alto da montanha se aproximava dos 0 graus, sim, inesperados 0 graus.

Durante o trajeto existem conveniências para você alugar as roupas para neve, é bem tranquilo. Não arrisque a subir sem elas caso sejam avisados dos graus baixos na montanha, você não vai conseguir aproveitar, esse é o melhor conselho que eu posso dar para que seu passeio seja perfeito!

Quando cheguei no alto da montanha, depois de um caminho de mais ou menos 1h30 incluindo mais de 60 curvas bem puxadas, o frio prevalecia. O que tornou minha experiência ainda mais interessante foi passar por esse inesperado e logicamente, nevou!

Viagem para o Valle Nevado

A cada passo que eu dava no Valle Nevado a sensação de grandiosidade da natureza era sem igual. A montanha, a terra, a neve, tudo junto transformou aquela paisagem em algo que parecia surreal diante do que eu esperava conhecer. Sentei um pouco no ponto mais alto que consegui chegar e fiquei apenas admirando, pensando. O silêncio é grande lá em cima o que torna sua reflexão ainda mais prazerosa.

Tive outra sorte, ver o Condor dos Andes a ave que é símbolo do Valle Nevado e de toda a Cordilheira! Não é sempre que ele da as caras por lá, tem épocas mais propícias também, mas como a sorte estava a favor da minha experiência nesse dia, ele apareceu.

Não esquiei que é a tração principal do Valle Nevado, mas vivi muito mais coisas naturais e intensas que a montanha pode me oferecer. De todas as minhas viagens foi um dos melhores momentos, como turista, como pessoa.

Se você for ao Chile, dedique um dia da sua viagem e vá viver as experiências do Valle Nevado!

*Vídeo da ida ao Valle Nevado

Visite o site e as redes do Seja um Viajante!
www.sejaumviajante.com.br
www.facebook.com/blogsejaumviajante
www.youtube.com/channel/UCjyQwQHMujzAynPEdov8yHw

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts que você pode gostar