Informações básicas de Santiago do Chile

Informações básicas de Santiago do Chile – Saiba mais

Documentos de viagem

Para os cidadãos brasileiros, é apenas exigida a carteira de identidade (RG). O visto não é necessário para turistas que ficarão até 90 dias no país.

Tomadas de Santiago do Chile

A tensão da energia elétrica no Chile é 220v. As tomadas utilizadas são do tipo C e L. O padrão brasileiro é o tipo N, que são utilizadas apenas no Brasil. Eu me pergunto porque isso, não é? Deve ser para fomentar o mercado de adaptadores de tomada rss.

Fotos: Uol

Fotos: Uol

Utilizando internet no Chile

A internet móvel quando você está viajando é muito útil na hora de procurar alguma informação fora do roteiro planejado, achar um restaurante próximo, ou mesmo postar aquela foto no Instagram.

Utilizar roaming da sua operadora será bem mais caro do que você comprar um chip pré-pago 3G nas operadoras do Chile, que são: Claro, Entel e Movistar. Mas para isso, você deve ter com celular desbloqueado, não se esqueça.

Que moeda levar para Santiago do Chile?

Hoje, 1 Real Brasileiro vale em torno de $ 228,90 Pesos Chilenos. Em 2013, oo Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) aumentou de 0,38% para 6,38% em várias formas de levar dinheiro para o exterior.

O cartão de crédito já tinha essa taxa, mas passaram a pagar o imposto o carregamento de cartão de viagem pré-pago, cheques de viagem, compras com cartão bancário de débito e saques da conta corrente ou com cartão de crédito em outros países. Como evitar o IOF de 6,38 nas viagens?

A única forma de pagamento que não teve o IOF aumentado foi a compra de dinheiro estrangeiro em espécie no Brasil. O problema de só ter esse método de pagamento é a segurança e câmbio ruim na hora da troca. O ideal é sempre ter mais de uma forma de pagamento, se houver algum imprevisto.

O cartão de crédito é uma outra forma interessante de pagamento, pois já tinha o IOF de 6%. O problema é apenas a variação cambial do dia do pagamento. Mas traz benefícios como facilidade de uso, gastos na fatura e acúmulo de pontos.

Em Santiago do Chile existem diversas casas de câmbio na Rua Agustinas, perto do La Moneda e na rua Pedro de Valdivia com Providencia. O blog Like Chile alerta para só trocar dinheiro nas casas de câmbio que estão na rua. Não suba nos prédios, pois pode ser golpe, que é muito aplicado na região.

Todos os lugares que eu li falam para trocar um pouco o dinheiro no aeroporto. Existem 2 lojas da Afex, com atendimento 24h, situadas no 1º andar do Terminal Internacional (uma no saguão de embarque e outra próxima ao posto de segurança).

Recomenda-se levar dólar ou real e trocar por peso chileno no Chile. Vamos ver na prática.

Transporte do aeroporto para o hotel

VAN

Pela empresa TRANSVIP, existe uma mini van com capacidade para 7 passageiros. O valor é de aproximadamente R$ 27,00 cada passageiro (para a Providencia, onde vamos nos hospedar) – Ver tarifas no site.

TÁXI

A empresa TRANSVIP tem serviço de táxi a aproximadamente R$ 87,00 (para a Providencia).

Outra empresa é a Taxi Oficial tem serviço de táxi no valor aproximado de R$ 83,00 (para a Providencia).

ÔNIBUS
A empresaTur-Bus tem ônibus de 05:00h da manhã até 24h da noite – De 20 em 20 min. De madrugada, o serviço do aeroporto até o Terminal Alameda é de hora em hora (01:00h, 02:00h 03:00h, 04:00h).

Valor da passagem de ida: R$ 6,34 (aproximadamente)
Valor da passagem de ida e volta: R$ 11,37 (aproximadamente)

Para se locomover pela cidade

cartao-bip
Indica-se comprar o cartão BIP, paga o metrô e o ônibus. Compre em uma das estações de metrô.

O metrô de Santiago do Chile tem tarifas variadas dependendo do horário – Punta (pico), Valle (normal) e Baja (baixa). Já a tarifa do ônibus é única. O valor do cartão é aprox. 6 reais e deve ser recarregado de acordo com o uso.

passagem-chile

29 Comentários

  1. Janine

    Olá! Parabéns pelo blog, está ajudando muito no planejamento da minha viajem. Gostaria de saber sobre suas conclusões sobre o câmbio, vale a pena deixar pra trocar real por peso no Chile? E em relação ao transporte saindo do aeroporto, sabe se há necessidade de reservar com a Transvip?
    Desde já muito obrigada!

    Responder
    • foradecasa

      Obrigada Janine! Fico bem feliz de ouvir isso! Afinal é esse o objetivo do blog! 🙂 Na época que fomos, trocamos um pouco – bem pouco – aqui e deixamos para trocar mais lá! Valeu a pena.

      Já no aeroporto, nós alugamos um carro. Geralmente você chega no aeroporto e lá você pega o transporte, mas no caso do Chile não posso te dizer muito bem, pois não tivemos essa experiência! Pesquisando rapidinho, a transvip é o preço do táxi que se paga no Brasil, em torno de R$ 72,00. (do aeroporto do Rio até Niterói, onde moramos.) Tem táxi compartilhado e van também. Depende do seu destino pode ser muito mais barato do que isso. O jeito é entrar em contato com eles e já deixar reservado.

      O barato e aventureiro é o ônibus, mas com malas acho bem chato! rs Mas eu sonho só ter uma mochila nas costas e viajar assim, sabia? hahahaha Pessoa evoluída, sem malas!

      Boa sorte e boa viagem! Porque o Chile é bom demais, você vai adorar! 🙂 Divirta-se!

      Responder
      • Janine

        Ah eu também busco esse desprendimento, mas já consegui reduzir bastante o tamanho da mala, e normalmente me viro bem só com transporte público, mas chegarei bem tarde em Santiago e não vai dar pra encarar. Muito obrigada pela atenção, estou ansiosa pela viagem e o blog está me deixando mais ainda rs.

        Responder
  2. foradecasa

    Nossa que bom! 🙂 Mas fique tranquila e aproveite a sua viagem!!

    Responder
  3. Cleberson

    Parabéns pelas dicas. Vamos para Santiago este mês (27/09) e os posts ajudaram na composição da viagem. Abraços

    Responder
    • foradecasa

      Obrigada! 🙂 Esse é o objetivo do blog! 🙂 Tenha uma maravilhosa viagem!

      Responder
  4. AnaPaula

    Parabéns pelo Blog, tenho pego várias dicas com você, estou adorando…rs
    Uma dúvida, precisa de algum documento pra fazer a troca de moedas em casas de câmbio?
    Desde já agradeço a atenção!

    Responder
    • foradecasa

      Não é necessário apresentar o passaporte para trocar dinheiro, a identidade é suficiente. Algumas casas nem pediram nada.

      Responder
  5. Luiz Sérgio

    Olá bom dia, estarei em Santiago em dezembro por 6 dias, ficarei com minha noiva no bairro de providência. Estamos achando o dólar muito caro. Vc aconselha levar apenas o Real? O outlet buenacentura aceita apenas pesos chilenos ou também outra moeda?
    Agradeço a atenção e parabenizo a eficiência e prestatividade do blog.

    Responder
    • foradecasa

      Na época levamos pesos chilenos e real. Não levamos dólar.
      Não conheço o outlet buenacentura 🙁 você pode tentar entrar em contato com eles pelo site: http://www.buenaventurapremium.cl/
      Obrigada por ter gostado do blog! Espero que a viagem de vocês seja inesquecível!

      Responder
  6. ADRIANA ROSA

    Olá, boa noite. Vou para o Chile ano que vem, fiz a reserva do hotel, porém avisa que pagaremos o imposto de 19% e tals. Esse valor é em cima do total das diárias? Sabe me dizer se seria o valor x 19%? Esses 19% é em peso chileno, pois minhas diárias deram R$505,00.

    Responder
    • foradecasa

      Provavelmente é sobre o total. Pesquisei no google e encontrei o seguinte: Estrangeiros que entram no Chile com passaporte e efetuam o pagamento do hotel em dólares não precisam pagar o tributo local de 19%. Para ter certeza, envie um email para o hotel confirmando essa informação. Eu sempre pergunto antes de viajar. Boa sorte!

      Responder
  7. Gabriela

    muito obrigada pelas dicas, está me ajudando muito!

    Entrei no site http://www.transvip.cl/ e fui fazer minha reserva, porém como eu quero fazer para três pessoas, não entendi se a tarifa já era das três pessoas ou cada uma.

    Vi também que o taxi ejecutivo está mais barato que o transfer compartilhado. O taxi ejecutivo é melhor?

    Responder
    • foradecasa

      Opa Gabriela,

      Eu não reservei pelo site, mas pelo que vi por alto aqui você seleciona o número de passageiros. O táxi executivo cabem 3 pessoas e o outro 7. É tipo um táxi e ele vai direto ao seu destino. O compartilhado ele deixa outras pessoas em outros destinos e a chegada pode demorar mais. Bom, se está mais barato, acho que você deve apostar nele. Boa viagem!

      Responder
  8. Andreia

    Boa Noite,

    Vou passar 05 dias no Chile(Santiago), em janeiro
    gostaria de saber quanto devo levar em dinheiro para
    esses cinco dias.
    O Hotel e o transfer já estão pagos.
    Parabéns pelo blog.

    Responder
    • foradecasa

      Ai que delícia! 🙂 Espero que você faça uma ótima viagem! O dinheiro depende do que você vai gastar por lá. A comida você pode calcular em torno de R$ 20 – R$ 30 (comendo bem). Eu sempre calculo por volta de R$ 100 a R$ 150 por dia, por pessoa. E levo o cartão de crédito para qualquer eventualidade. Não esqueça também do seguro saúde! É essencial! 🙂

      Responder
  9. Aparecida

    Olá , boa tarde!

    Que super esse seu blog.
    Vou para Santiago do Chile em Janeiro com um amiga e as dicas me ajudaram demais viu.

    Adorei. Parabéns!

    Responder
  10. Luiz Alves

    Estou viajando para Santiago, participar da maratona no dia 12 de Abril de 2015, minha dúvida é com relação a hospedagem, tenho visto muitas opções de apart hotel, com preço em torno de R$ 160,00 a diária, é uma boa opção já que é mais barata que hotel?
    Outra dúvida é com relação a localização, tenho procurado no centro, próximo ao Palácio de la Moneda, já que a corrida sai de lá, é uma boa localização, seguro e perto dos pontos turísticos??

    Responder
    • foradecasa

      Sim…geralmente eu pego o nome e pesquiso no tripadvisor ou no Booking…provavelmente tem comentários de lá. Em Santiago você faz praticamente tudo de metrô e o La Moneda é uma região bem central de lá. Vale a pena. Nós fazíamos tudo a pé ou de metrô…

      Responder
  11. Kátia

    Olá! Muito bom o blog e as dicas. Acabei de reservar hotel em Santiago na primeira semana de setembro. Você sabe me informar se nessa época ainda faz muito frio por lá? Que tipo de roupa levar? Será que vou sobreviver? hehehehehe

    Responder
    • foradecasa

      Boa noite Kátia. Fiz uma pesquisa rápida e esse período é de inverno (de 21 de junho a 23 de setembro). Acredito que vai estar frio sim. A temperatura pode variar de 6 a 19 ºC. Leve na mala casacos grossos, luvas quentinhas, botas e cachecol. Mas olha…a Cordilheira dos Andes vai estar fantástica! 🙂 O seu maior presente no Chile!

      Responder
  12. Renata

    Uauuu, esse blog é show de bola rs
    Só de ler os comentários já tirei várias dúvidas:D

    Mas ainda tenho algumas haha

    Estou planejando ir em Agosto, mas estou com algumas dúvidas em relação á.. Primeiro: Compensa ir de pacote? pois vi em um site o pacote de 5 dias, com passagem aérea, translado, hospedagem e passeio por R$1700,00 (fora taxa de embarque, e outra dúvida é referente á roupa haha pq estará bem frio, seria melhor, além de levar alguns meu, deixar para comprar agasalho la? rs

    Desde já, obrigada 🙂 e parabéns pelo blog 😉

    Responder
    • foradecasa

      Bom dia Renata!

      Então…o que eu faço é pesquisar por fora. Se as datas que você deseja estão melhores no pacote, compre com certeza! Mas não fique presa a passeios, lá você pode ir na Turistik ou outras agências e fazer o seu próprio roteiro!

      Leve uns 2 ou 3 agasalhos. É bom se prevenir. Se surgir um lá, aproveite. Na época que eu fui não estava tão frio, então nem me liguei em pesquisar isso.

      Boa Viagem!

      Responder
  13. Carlos Leandro

    Gostaria de sabe uma base de quanto devo levar em dinheiro para passa 4 dias no chile

    Responder
    • foradecasa

      Depende do tipo de passeio que você vai fazer. O ideal é criar um roteiro básico (ver as entradas das atrações) e o dinheiro para se alimentar é em torno de R$ 100,00 / por pessoa. Pelo menos eu calculo assim. Às vezes nos sites dos restaurantes tem o preço dos pratos. Ajuda bastante a estimar a verba de viagem. Boa viagem!

      Responder
  14. Luis

    Olá, parabéns pelo blog esta show !

    Gostaria de saber se vale a pena alugar bicicleta para conhecer a região central da cidade, seus museus e palácios e a catedral… gostaria também de saber quanto as vias que não tem ciclovia, se é ou não permitido trafegar de bicicleta, vou na primeira semana de setembro para lá com 2 amigos.
    Obrigado

    Responder
    • foradecasa

      Pior que não sei! O único passeio de bike que fiz foi na vinícola Santa Rita – que é imperdível. Mas existe muita ciclovia, fiquei bem impressionada!

      Responder
    • Monica

      Estaremos voltando no final de agosto do Chile e também queriamos passear de bike por lá. Inicialmente, estamos nos programando para ir ao Parque Metropolitano de Santiago (alugando as bikes), pois lá tem ciclovias. Vou me informar e assim que voltar posto aqui.

      Responder
  15. Monica

    Ah! Ia esquecendo… pretendemos alugar no “Refugio del Parque” Endereço (Dirección: Av El Cerro con Pedro de Valdivia Norte S/N.Interior Parque Metropolitano a los pies Del Cerro San Cristobal Tlf: 56-2-231.3762 reservas@refugiodelparque.cl. A diaria está mais ou menos 2.500 pesos (R$ 14,00 a hora)

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts que você pode gostar