6 itens a se considerar em uma viagem - Xô imprevisto!

Todo mundo que viaja sempre passa por alguma situação desagradável durante o percurso. Isso faz com que possamos alcançar o nível superior de paciência e flexibilidade, não é mesmo?

Bom, para que você possa passar para o nível mais acima dessas situações, nada melhor que ouvir a experiência alheia. Coisas novas sempre podem surgir, é verdade, mas você já estará “vacinado” contra essas abaixo:

1) Faça um backup das suas fotos durante a viagem

Você pode comprar um pendrive, HD externo ou até mandar para o seu email (dependendo do tamnho do arquivo) ou algum dropbox da vida. Na última viagem para Nova York, nós perdemos metade das fotos da viagem, porque o cartão deu piripaque e estragou. Nem quando voltamos deu para recuperar. A sorte toda foi que eu tinha jogado no computador as fotos dos dois primeiros dias, senão iria perder tudinho. Se eu tivesse perdido as fotos de Coney Island e do Brooklyn eu teria ficado bem triste. Mas enfim, leve SEMPRE em consideração que seu cartão de memória pode se suicidar durante a sua viagem.

backup-fotos-de-viagem

Carrie Bradshaw feelings 🙂

2) Para lembrar de tudo, leve sempre um caderno na bolsa

Por mais que a viagem seja inesquecível, você vai esquecer daquele restaurante que encontrou no meio do caminho, da loja maravilhosa que sua amiga iria gostar se fosse lá, entre outras coisas. Na viagem que eu fiz na Argentina, deixei muita coisa legal escapar, que eu poderia ter escrito no blog, mas passou. E nem tem como recomendar porque não sei o nome da rua e nem o nome do restaurante. Essas anotações são boas também quando você quiser voltar ao local.

caderninhos-viagem

Olá, meu nome é Mariana e sou uma viciada em caderninhos.

3) Ligue para a central do seu cartão de crédito internacional o quanto antes para desbloqueá-lo

Para utilizar o seu cartão de crédito em outro país, você deve informar os dias de viagem para a central do cartão. Com tanto trabalho na cabeça, eu esqueci de desbloquear o meu e tive um problema com a senha. Eu fiz as compras com o cartão do meu namorado e na volta acertei com ele. Mas sempre é bom ter a independência de comprar com o seu. Ah, e também fique de olho no limite. Antes de viajar, você pode pedir um aumento do limite. E veja também se o limite não está baixo com as compras já feitas.

4) Vai pegar avião no feriado? Prepare-se para ir cedo para o aeroporto

Na nossa última viagem, pegamos um engarrafamento ABSURDO! Feriado que misturou com acidente, ficamos umas 2:30 no trânsito e saímos 3 horas antes do voo! Que desespero! Melhor ir tranquilo, com calma do chegar em cima da hora. No dia, ainda demos sorte porque o Rio de Janeiro estava um caos mesmo e até a tripulação estava atrasada! Mas vimos muita gente correndo e atrasada naquele dia.

Se você perder o voo? O que fazer? A companhia aérea pode recolocar o passageiro atrasado em voos seguintes, mas isso tem um preço. Se você não tiver feito o check-in, pode pagar a taxa de remarcação, de acordo com o tipo de tarifa adquirida e a diferença do valor da passagem. Se já tiver feito o check-in e não tiver autorização para embarcar, ele paga uma taxa de R$ 100 para voos nacionais ou US$ 50 para voos internacionais, além da taxa de remarcação e da eventual diferença de tarifa.

É sempre bom saber antes de comprar como é feito cancelamentos e remarcações. Se a sua passagem é de milhas, por exemplo, pode acabar perdendo o bilhete e sem direito a remarcação. Você só recebe de volta a taxa de embarque. Dura a vida daqueles que viajam com milhas!

aeroporto

Não, o aeroporto não vai estar assim no feriado.

5) Não esqueça de fazer o seguro viagem

Nunca se sabe, quando em uma país desconhecido, você vai precisar de médico ou ir no hospital. Vá em uma agência de viagem e veja uma franquia. O valor gira em torno de R$ 200,00, mas é um gasto necessário. Nunca utilizei meu seguro viagem, mas dessa forma é uma segurança a mais quando a saúde não tem preço. Lá fora exames, internações são muito caros.

6) Leve sempre um kit básico de remédios

Muitas farmácias fora do país exigem receita para compra de remédios. Além disso, você pode se confundir com os nomes dos remédios e não saber na hora qual comprar. Os itens básicos para levar em uma viagem são:

– Band aid, remédio para dor de cabeça, remédio para gripe/resfriados, remédio para cólica, remédio para enjoo, remédio para problemas de estômago/fígado, antiácido, antinflamatório, remédio para dores musculares.

3 Comentários

  1. Paula

    É engraçado como essas dicas parecem lugar comum, mas são absolutamente essenciais! Eu me identifiquei com várias dessas situações rsrsrsrrs.

    Caderninho hoje em dia é item de primeira necessidade e o pânico de perder as fotos é eterno.

    Bjs!

    http://www.brigadeirosebarcelona.com.br

    Responder
  2. Camila Faria

    Ando sempre com um caderninho também… ou deixo para escrever as melhores dicas no final de cada dia da viagem. É fato que, se deixar para depois, vou esquecer o nome de todos as ruas, dos lugares…

    Isso de perder as fotos também é tenso, né? Dica maravilhosa!!!

    Responder
    • foradecasa

      Tenso é pouco! Você só lembra quando acontece a tragédia! hahaha
      Lindo seu blog! 🙂

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts que você pode gostar